23 de jan de 2012

Health & Fitness! Você é o que você come. Mesmo!


Algumas pessoas me perguntaram sobre o tratamento ortomolecular que falei no último post.
Eu comecei a fazer o tratamento há mais ou menos 5 meses e estou amando!!!

"Com a compreensão que a terapia ortomolecular pode equilibrar o organismo, proporcionar qualidade de vida, prevenir doenças e colaborar para um envelhecimento ativo, pacientes tem procurado o tratamento como principal objetivo de viver mais e melhor.
Hoje, para prescrevermos uma dieta ideal e única para cada paciente, cruzamos as informações obtidas por meio do teste preditivo genético, com as do tipo sangüíneo do paciente. Este plano alimentar prega que cada pessoa, dependendo do grupo sangüíneo ao qual pertence, deve evitar certos alimentos, buscando preservar a sua saúde e manter o equilíbrio corporal."

Eu já me alimentava direito há algum tempo. Tenho o privilégio de ter uma mãe nutricionista e como se não bastasse, uma nutricionista que cozinha muitíssimo bem!!! Então, confesso que fica um pouco mais fácil manter uma rotina e se alimentar certinho.
Depois que comecei o tratamento ortomolecular, sigo a dieta do tipo sanguíneo e -me desculpem o drama- mudou a minha vida!! Haha


A dieta do sangue é relativamente fácil de ser seguida, pois basta que a pessoa não coma alimentos seguindo uma lista de acordo com seu tipo de sangue.

Vou dar o exemplo do meu tipo sanguíneo."O Tipo sanguíneo O é carnívoro. Os alimentos de origem animal aceleram o ritmo de seu metabolismo, aumentando a eficiência. A carne é combustível e o organismo tem alto nível de acidez no estômago.Seu principal fator de aumento de peso é o glúten, encontrado no trigo e derivados. O glúten cola-se na mucosa do intestino grosso, causando inflamação e irritação dolorosa."
- Meninas, lembrando:  Sei que existem vários médicos que são contra esse tipo de dieta. Mas como eu disse, vou falar só sobre a minha experiência, nem tudo o que funciona para um, funciona para o outro né!!!

Mas voltando a dieta, para mim deu suuuuuuuper certo. Para o meu tipo sanguíneo, leite e derivados são um veneno (mesmo antes de saber disso, eu nunca fui muito chegada ao leite, sempre achei que me causava um desconforto e até achei que tivesse intolerância a lactose) agora o que me cortou o coração foi abolir o glúten do meu cardápio. Eu sou apaixonada por bolos, pães, massas (mesmo integral) e cortar o glúten significava mudar muito a minha dieta!! Achei que iria sentir muito a falta das minhas "duas fatias de pão integral com queijo cottage" no café da manhã! Haha.
 Mas não, não sinto falta nenhuma desses alimentos e cortando o seu consumo durante a semana (no final de semana eu libero né gente, também não sou de ferro hahaha) a diferença na balança foi gritante, diminui muito o percentual de gordura corporal, além de me sentir muito, mas muito mais disposta.

É claro que o tratamento ortomolecular não significa só fazer essa dieta (para isso basta pesquisar na internet que tem tudo o que você pode ou não comer.) Além disso, eu tomo suplementos alimentares para que a dieta pobre em derivados do leite, não cause uma futura deficiência no organismo.


Qual é o seu tipo sanguíneo?

*Sangue Tipo O
Grupo sanguíneo que seria o mais antigo, sendo basicamente caçadores, muito ativos e musculosos, devem seguir uma dieta rica em carnes.

*Sangue Tipo A

Seriam cultivadores, um grupo sangüíneo mais recente que surgiu junto com a prática da agricultura. De acordo com o Dr. D'Adamo, pessoas pertencentes a esse grupo devem evitar carnes vermelhas.

*Sangue Tipo B

São os nômades, associados a um sistema imunológico mais forte e sistema digestivo flexível. É o único grupo sangüíneo que tolera bem derivados de leite.

*Sangue Tipo AB

Grupo sangüíneo mais recente que teria evoluído a partir dos grupos A e B, sendo que a dieta para esse grupo é baseada na dieta dos grupos sanguíneos A e B.


É bem interessante, experimentem cortar alguns alimentos que não são benéficos para o seu tipo sanguíneo e depois me falem se alguma coisa mudou ou não!


                       Lembrando que o acompanhamento de um especialista é fundamental viu gente!

                                                                                                                                        Bjos, Aline

4 comentários:

  1. Adorei a matéria! Muito bem detalhada...to adorando essa sessão Health & Fitness do blog!!!! Bjssss

    ResponderExcluir
  2. Oi, adorei as dicas!! :) voce poderia passar o nome do seu medico?? beijinhos!

    ResponderExcluir
  3. Que legal essas dicas, vou procurar saber mais dessa dieta. bjos

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline, a Heloisa Rocha é otima!!! ela tem consultorio no RJ, mas uma vez na semana ela atende em SP. tb sou fã da medicina ortomolecular.bjos

    ResponderExcluir